segunda-feira, 1 de maio de 2017

"O GESTOR" - FECALOMA


O barulho das máquinas
São gritos de ordens
Que impõe a submissão
De milhares de homens

A voz rouca da razão
Por justiça implora
Mas abafada pelo desinteresse
Ecoa apenas revolta

Humilhados e sujos
Entregam suas vidas
A quem não sabe distinguir
O suor das lágrimas

Nenhum comentário:

Postar um comentário